Professora de Inglês de Ibiúna é selecionada para bolsa da Embaixada dos EUA

Professora de Inglês de Ibiúna é selecionada para bolsa da Embaixada dos EUA

Adotar uma prática de ensino moderna que estimule o aluno da rede pública não só a se interessar pelo aprendizado do idioma como perceber que o inglês é uma disciplina que pode mudar a sua vida se dedicando com afinco e prazer aos estudos. Essa é a opinião da professora de inglês, Soraya Haruko Saito Machado Santana, que realizará entre os dias 23 e 26 de Julho, no Hotel Alpino, em São Roque, o curso English Teaching Immersion Program in São Paulo, patrocinado pela Embaixada dos EUA no Brasil. Docente da EEPSG Lino Vieira Ruivo, em Ibiúna, ela foi escolhida entre o grupo de 35 professores da rede estadual de ensino de diferentes estados do Brasil que participarão da imersão com o objetivo de aperfeiçoar a didática em sala de aula no dia a dia com os seus alunos.

O Centro Cultural Brasil-Estados Unidos (CCBEU) através do seu centro binacional Education USA está oferecendo a bolsa para a profissional de Educação. Atualmente ela ministra aulas para 11 turmas de 35 alunos em sua escola. Soraya conseguiu ser escolhida nesse seleto grupo depois que participou, em 2016, de uma outra bolsa da Embaixada americana: Public School Teacher Development.

Noemi Benevenuto Fontão lembra que “esse primeiro curso foi desenvolvido On-line e também presencial, voltado para a formação de docentes líderes em sua comunidade escolar e que também como disseminadores de novas práticas pedagógicas do ensino do inglês nas escolas públicas”. Ela destaca ainda que “a Embaixada investe nos profissionais de educação com perfil de liderança já que o foco é na juventude, preparando os professores para estarem prontos a fim de encantar os alunos que se beneficiam no aprendizado e didática com um nível elevado e tudo isso tem um alcance transformador na vida do aluno”.

E com essa oportunidade quem sai ganhando é o aluno em sala de aula. Por isto mesmo a professora Soraya afirma que a sua expectativa para o Programa de Imersão da Embaixada será obter ainda mais conhecimento para a sua formação profissional. “Estou com uma grande expectativa e muito estimulada porque sei da importância dessa seleção de professores e, por isto mesmo, quero aproveitar o máximo tudo o que for transmitido”, finalizou ela.

Compartilhar